​© 2013 por Luisa Restelli


 

  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco

Artigos

Aquilo a que você resiste, persiste.

Aquilo que você aceita, se transforma.

 

Carl Jung

"

"

Questões emocionais podem causar doenças ginecológicas

Seu corpo pode estar dando sinais que você não está percebendo

12-03-2019

Você tem tido doenças ginecológicas como candidíase, vaginismo e endometriose? Já parou para refletir qual a questão emocional relacionada ao aparecimento desses sintomas e doenças? O corpo e a mente são indissociáveis. Somos um ser integrado em que corpo e mente estão em contínua troca e relação. 

Sua felicidade depende de relações amorosas?

Procurar no outro algo que é tão particular cria expectativas e gera frustrações

25-01-2019

O que você espera de um relacionamento amoroso? O que você busca e que expectativa cria? Essa busca é com base em que? O que você espera receber? Muitas vezes, colocamos a nossa felicidade nas mãos de um parceiro(a), acreditando que este encontro trará a felicidade e satisfação que procuramos. Mas você consegue perceber o quanto é irreal procurar no outro algo que é tão seu? 

Ser honesto com você mesmo pode mudar suas relações

Identificar suas feridas internas é o primeiro passo para transformar seu relacionamento

24-04-2018

Que mentiras você conta para si mesmo? Já parou para pensar que a dificuldade de olhar com honestidade para suas feridas internas pode estar impactando sua vida amorosa? Se você vive conflitos de relacionamento, com trocas de acusações, vale a pena investigar se não está descarregando frustrações no outro ao invés de encarar insatisfações que estão dentro de você.

Para onde vai a raiva quando a silenciamos?

Reprimir a raiva pode deixar marcas físicas, mentais e emocionais

06-04-2018

O que você faz quando está com raiva? Você se permite admitir que a sente? A raiva é um sentimento tabu muito incompreendido em nossa sociedade. Aprendemos desde cedo que senti-la é feio, ruim, errado. Nos ensinaram que precisamos fingir que não a sentimos e segurá-la entre os dentes. Não aprendemos a lidar com a raiva, apenas a escondê-la, a rechaçá-la, negligenciá-la e encoberta-la. E para onde vai a raiva quando a silenciamos?

Mentiras que você conta em busca de aceitação

Reflita sobre o que você esconde atrás de máscaras sociais

01-04-2018

O carnaval já passou, mas continuamos usando máscaras em nosso dia a dia para esconder quem somos e nos adaptar ao que achamos que esperam de nós. Ao longo de nossa vida criamos máscaras e maneiras de nos comportar para demonstrar o que gostaríamos de ser. Na busca por aceitação, criamos mentiras a respeito de nós para evitar expor uma verdade mais profunda e dolorida. Você sabe qual a sua máscara? O que ela tenta proteger? De que forma ela atua e como reflete em sua vida? 

Por que você tem dificuldade de se amar e cuidar de si?

Sensação de não merecimento pode ter sido criada na infância, mas não representa sua verdade

02-06-2017

Você já parou para observar a maneira como cuida de si? Como gerencia seu tempo para esse cuidado e também seu lazer e prazer? O quanto você respeita seu corpo, seus limites e supre suas próprias necessidades? Muitas vezes, na correria do dia a dia, esquecemos das nossas necessidades básicas, deixamos para lá nossos sentimentos, angústias, cansaços, dores no corpo... Esquecemos até que temos um corpo! Muitas vezes esquecemos de nós mesmos. Vamos dando conta das tarefas diárias e nos atropelando pelo caminho.

A mulher soterrada

A imposição da perfeição e as distorções do feminino

08-03-2017

(Texto feito para o grupo de email na semana da mulher)

Nós aprendemos desde cedo que precisamos ser "perfeitas". Como "perfeição", me refiro ao padrão de beleza e comportamento imposto que, teoricamente, deveríamos seguir. Desde criança, precisamos ser muito inteligentes, nos vestir impecavelmente, nos ...

O que você faz quando sente angústia ou vazio?

Reflexões sobre propósito de vida e conexão consigo mesmo

08-02-2017

Você está satisfeito com a vida que está levando? O que gostaria que fosse diferente? Se sente alinhado com quem realmente é? Muitas vezes, vivemos uma vida guiada pelo que achamos que precisamos ser para ter felicidade e nos esquecemos de quem realmente somos e do que realmente nos faz feliz.

 

Nos definimos pela profissão que exercemos, pela nossa idade e nome, mas quem somos de verdade? Quem é você por trás de tudo isso? 

3 caminhos para lidar com crises na vida

Momentos difíceis oferecem oportunidade de sair da estagnação

20-09-2016

Estamos passando por um momento de muitos desafios. A crise tem aparecido na vida da maioria das pessoas, seja financeira e profissional ou na vida pessoal. Tenho acompanhado muito em consultório situações de transição, nas quais a pessoa precisa se reinventar e encontrar novos caminhos para o que se apresenta em sua realidade.

A crise é um momento no qual um determinado modo de funcionar começa a não dar mais certo e é preciso inventar uma outra forma de lidar com as questões que estão surgindo. Algo precisa morrer para o novo nascer. É este período de transição que chamamos de crise.

Você tem dificuldade em receber elogios?

Por trás deste desconforto existe alguma crença negativa sobre si mesmo

29-04-2016

Como você se sente ao receber um elogio? Quais pensamentos vêm à mente? Que padrões de resposta costuma dar? Como tende a reagir? Para muitos, receber um elogio pode parecer algo forçado, irreal e ilusório. Uma necessidade do outro em lhe agradar, sem que aquela seja uma fala verdadeira e otimista. Existe uma grande dificuldade de aceitação perante o elogio quando, no fundo, acreditamos firmemente que não somos merecedores de tal enaltecimento.

O corpo fala, você quer ouvir o seu?

23-03-2016

Quais caminhos podemos tomar para nos ajudar positivamente? No artigo anterior falei um pouco sobre os sentimentos negados que guardamos no calabouço do inconsciente, mas que continuam agindo sobre nós. Quanto mais negamos nossas raivas, mágoas e medos, mais estes nos dominam, exatamente por não estarmos conscientes de sua presença. Falamos também de como é importante olhar de frente para tudo que está escondido, trazendo para a consciência, e poder trabalhar para transformar e ressignificar tais conteúdos e eventos negados. Então, hoje quero falar de dois instrumentos que podem ser utilizados para essa reintegração de si mesmo: a psicoterapia corporal e a dança.

Quantas mágoas, raivas e medos você guarda em si? 

15-03-2016

Você já parou para pensar o quanto nosso inconsciente influencia nossas escolhas e vidas? Ao longo de nossa trajetória, vivenciamos situações e experiências muitas vezes sofridas e traumáticas, que podem gerar sentimentos dolorosos e difíceis de lidar. E como forma de nos defendermos de tais eventos e emoções que não conseguimos elaborar bem, colocamos essas experiências em nosso inconsciente e criamos alguns mecanismos para bloquear o contato com tal sentimento. 

 

Porém, não é pelo fato de guardá-los no escuro de nosso ser que eles deixam de existir. Quando a experiência não é bem elaborada ...

Quais são os seus padrões comportamentais?

17-12-2015

Como falamos no último texto, nós criamos crenças, muitas vezes limitantes, a partir de nossas experiências passadas, que geram em nós um enrijecimento ao lidar com as situações de vida. A partir dessas crenças, vamos criando maneiras padronizadas de nos comportar e reagir.

 

Quando vivenciamos uma situação difícil e mal elaborada internamente, passamos a buscar maneiras de nos defender para não vivenciar aquela dor novamente. Para isso, lançamos mão de comportamentos aprendidos que se tornam padronizados. ...

Você está onde se coloca

Como as crenças limitantes agem em nossa vida

03-12-2015

Você já parou para refletir quais as crenças que você carrega que tem limitado sua vida? Vamos refletir um pouco sobre isso hoje? 

 

Primeiro, vamos compreender que, em si, a vida é neutra. Todo e qualquer acontecimento, toda e qualquer situação é neutra. Nós que colocamos significado na vida, nós que a colorimos ou tiramos a cor. Nós que interpretamos e significamos cada segundo do dia a dia. Mas em si, tudo é neutro. ...

Defesas emocionais geram situações que você mais teme

Psicoterapia corporal sugere como evitar repetições negativas na sua vida

19-11-2015

Você já parou para refletir sobre as repetições negativas em sua vida e o que pode estar por trás delas? Já observou a maneira como você se coloca no mundo? Já pensou sobre a possibilidade de estar, a toda hora, se defendendo de um possível sofrimento passado e, assim, lançando mão de inúmeras formas de agir e reagir condicionadas e frequentemente iguais? Eu convido você a pensar um pouco sobre isso agora.

O que é um corpo bonito pra você?

Reflexão sobre padrões de beleza femininos e autoestima

11-01-2016

 

Nós testamos

Workshop Terapêutico por meio da dança

08-07-2015

Matéria escrita por Alliny Martins, da equipe Personare, sobre sua experiência no workshop "Dança do Ventre como Caminho Terapêutico" de Luisa Restelli Akstein

Sobre gordura abdominal, autoestima e os padrões de beleza

09-06-2015

A gordura abdominal, na sociedade atual, tem sido um dos grandes fatores no desequilíbrio da autoestima. O corpo ideal tem sido vendido pela mídia e comprado com seriedade pela grande maioria. Temos vivido uma ditadura do corpo, em que a maneira como devemos ser é estipulada pela mídia e pela moda, nos induzindo a seguir um padrão de beleza específico. Quando não nos encaixamos em tal padrão, nos sentimos feios, inferiores, inadequados. ...

Os impactos emocionais da crise hídrica

Escassez deste bem natural alerta para nossa relação com dois de seus simbolismos: o feminino e as emoções

11-03-2015

A situação da água está crítica em cada vez mais lugares, preocupando a todos nós. É necessário trazer a atenção para este enorme problema, pois a água é essencial para tudo que contém vida neste planeta. Enquanto em muitas localidades as pessoas estão sofrendo por causa da falta de água, em outras a população enfrenta o excesso dela, como no caso de enchentes. É preciso, sim, de muita economia; investimento no controle de perdas, economia na indústria e no abastecimento, muitos programas de conscientização e investimento em meios alternativos para que possamos reverter este quadro. É preciso mudar muita coisa e já há um bom tempo! Mas, além disso, é importante olharmos para o que esta situação está querendo nos dizer.

Sensações que causam dependência

A influência do que assistimos em filmes e TV

13-02-2015

Você já parou para observar a quantidade de emoções que nós vivenciamos ao ver um filme ou um programa de TV? Ao assistirmos a um filme, por exemplo, vivenciamos sensações e emoções transmitidas pela trama. Sentimos arrepio, o coração bate forte, suspiramos em uma cena romântica e levamos um baita susto quando algo repentino acontece em um suspense, não é mesmo? Nós sabemos que o que estamos assistindo não está, de fato, acontecendo, mas por que será que, ainda assim, reagimos física e emocionalmente a esses estímulos? Você já parou para pensar nisso? E já imaginou o que essas emoções podem estar criando em seu corpo? Então eu os convido, nesse momento, a refletir um pouco sobre isso. Vamos lá?

Uma reflexão sobre o fenômeno das Selfies

09-09-2014

A Selfie (autorretrato geralmente feito com um smartphone ou uma webcam e publicado em uma rede social) está cada vez mais recorrente. Por meio dela, compartilhamos momentos e atualizamos os amigos de nossas atividades em tempo real. No ano de 2002, temos o primeiro registro desta palavra, em um fórum virtual australiano. Em 2004, o termo começou a se popularizar no serviço de fotos do Flickr e ganhou força total nas redes sociais em 2012. A utilização da palavra "selfie" foi tanta que acabou sendo eleita a palavra internacional do ano de 2013 pelo "Oxford English Dictionary". Mas o que será que está por trás dessa vontade cada vez maior de compartilhar o dia a dia com tantas pessoas?

Dar e receber colo fortalece relações familiares

14-05-2014

Nascemos do colo de nossa mãe. Esse colo materno que nos acolhe, alimenta e propicia o espaço para nos formamos como seres humanos. Desde o início, somos carregados neste colo que, depois do nascimento, se torna um bálsamo onde nos deitamos e nos alimentamos física e emocionalmente. Um colo que pode continuar sendo bem-vindo durante toda a vida, que vem deste primeiro vínculo, tão importante para a estruturação do ser. ...

 

Assumindo os cabelos brancos

Uma aceitação de si mesma e dos ciclos da vida

09-04-2014

Pintar os cabelos pode ser algo agradável e divertido, já que a mulher tem liberdade para fazer o que quiser com seus próprios fios. Mas quando isso se torna somente uma obrigação, pode ser interessante refletir sobre o assunto.

 

Os cabelos simbolizam nossa força interior. Eles falam de nossa liberdade, vitalidade, criatividade e poder. Para a mulher,...

Dança do Ventre ajuda a lidar com questões emocionais

05-03-2014

A Dança do Ventre pode ajudar a mulher a lidar com questões emocionais. Mas antes de entender como isso funciona, é preciso perceber que tudo o que está na mente reflete no corpo e vice versa. Desta forma, nossas vivências, boas e ruins, refletem em nosso corpo. Nossos sentimentos, expressos e não-expressos, estão impressos em nosso corpo. Nossas tensões, nossos alívios... tudo passa pelo corpo e do corpo pela mente.

Um SIM à si mesma

Autoestima e Autoaceitação

08-01-2014

“Nós não só não vivemos um culto ao corpo, como nós desvalorizamos o corpo. Nós valorizamos a imagem do corpo. Nós valorizamos o photoshop especialmente. O corpo nada tem a ver com o ideal. O corpo é o inesperado. VALORIZAR O CORPO É VALORIZAR A PORÇÃO DE VIDA QUE EU TRAGO EM MIM.”  Viviane Mosé

 

Aceitar a si mesmo é o primeiro passo para uma vida mais plena e feliz. Mas quantas de nós nos valorizamos de fato como somos? ... 

Transformando o espaço escolar

Uma visão reichiana de educação, liberdade e movimento ​

03-12-2012

RESUMO:

O presente trabalho busca discutir o papel da escola no desenvolvimento infantil e sua influência na construção do sujeito e como este se comporta no mundo. Com base nos pensamentos de Reich, e também utilizando autores como Freire, Neil, Foucault, Freinet, Laban, entre outros, apresento conteúdos relevantes sobre o desenvolvimento infantil e sobre a educação, buscando fundamentar a importância da liberdade e do movimento no desenvolvimento da criança. Abordo também o tema da dança como uma possibilidade para um desenvolvimento global do indivíduo, permitindo a livre expressão e incentivando a criatividade e a capacidade de agir, refletir e aprender por si mesmo com confiança, segurança e liberdade. 

 

Palavras - chave: educação; desenvolvimento infantil; liberdade; movimento; dança; criatividade. 

Please reload